Olhos de Jade


 

Ficha técnica:

Olhos de Jade

Formato:

Páginas:

ISBN:

Preço: R$

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR O LIVRO

Sinopse

Alexandre Bastos tem tudo o que um homem pode querer. Beleza, dinheiro, reconhecimento profissional e uma extensa fila de mulheres aos seus pés.

Tudo é perfeito até o seu aniversário de vinte e sete anos, quando Alexandre recebe um presente inusitado, que o conduz até Carolina Borges, uma terapeuta ocupacional poderosa o bastante para despertar no jovem sensações completamente novas.

A princípio, Alexandre enxerga naquela mulher mais velha e experiente apenas sua beleza, e um desejo louco de inclui-la na sua coleção de conquistas começa a persegui-lo. Contudo o jeito doce e meigo de Carol é capaz de ultrapassar a camada superficial do playboy, até atingir seu coração, e quando menos espera Alexandre se vê totalmente apaixonado.

No entanto, o que poderia ser uma conquista fácil perante a sua experiência se mostra algo totalmente desafiador, tudo por conta das ideias preconcebidas de Carol, porém Alexandre é determinado e não desiste do que quer facilmente e desse modo dá uma guinada na sua vida com o propósito de conquistar o coração da mulher que o fascinou.

Para isso ele fará tudo e enfrentará todos os obstáculos, mesmo que isso signifique sacrificar amizades e romper com pessoas queridas, afinal para ele Carol vale todos os desafios.

Olhos de Jade é a versão masculina do romance Amor de Cordel, entretanto, apesar de contar os mesmos fatos do livro narrado por Carol, elementos novos e surpreendentes são trazidos à tona, mostrando que toda a história contada tem sempre pelo menos dois lados.


Sobre o livro

Olhos de Jade é a minha segunda aventura pelo mundo da literatura e por isso considero importante prestar alguns esclarecimentos.

Primeiro, trata-se de um e-book, ou seja, não há exemplares físicos à venda nas livrarias.

Segundo, por ser uma auto publicação, o original não foi submetido a nenhum revisor de português ou editor, por isso se o leitor encontrar erros leve em conta o fato de que após ler e reler o mesmo texto várias vezes, alguns equívocos se tornam invisíveis para o autor, mas de maneira alguma eles aconteceram por descuido ou descompromisso com o público.

Terceiro, a história de Olhos de Jade foi escrita praticamente ao mesmo tempo em que Amor de Cordel. Alguns meses após iniciar a trama de Carol e Alexandre, pensei em como seria se escrevesse a história sob o ponto de vista masculino também, no entanto não no mesmo livro e sim em outro. A partir daí iniciei o manuscrito de Alexandre Bastos, que assim como Amor de Cordel levou muito tempo para ficar pronto e sua primeira versão era bastante extensa, com mais de 800 páginas!

Por sorte, meu bom senso e experiências literárias me fizeram modificar o manuscrito, assim como tinha feito com Amor de Cordel e no fim de 2016, finalmente terminei a história contada sob a perspectiva de Alexandre, alterei muitas coisas da versão original, incluindo o título que anteriormente era Sob o Olhar de Marte ( uma alusão aos estudos recentes que afirmam que os homens são de Marte), de qualquer modo achei mais adequado usar a metáfora de Carolina Borges para dar nome ao segundo livro (para quem não se lembra, em Amor de Cordel, Carol compara os olhos verdes do seu amado a preciosa pedra de jade). Também acrescentei personagens e elementos novos a trama, tomando o cuidado de não comprometer a história do primeiro livro e me arrisquei ao narrar os momentos íntimos do casal de maneira explícita e sem reservas de vocabulário ou situações, tudo para tornar o livro atraente e também compatível com os pensamentos de um jovem de vinte e sete anos.

Por ser uma obra narrada em primeira pessoa, os pensamentos e sentimentos de Alexandre são totalmente expostos e talvez para alguns leitores isso cause desconforto ou repulsa, afinal o Alexandre de Amor de Cordel é um homem praticamente perfeito (se desconsiderarmos seu ciúme excessivo), mas em Olhos de Jade, Alexandre se revela, mostra seu lado mais egoísta e humano e talvez por essa razão haja uma desconstrução da imagem de príncipe narrada por Carol. Contudo, acho importante afirmar que não criei outra personalidade para o protagonista, porque no meu imaginário ele sempre foi assim, como aparece no seu livro, afinal ele é jovem, bonito e rico e com essas características e experiências de vida não poderia agir diferente do que age em vários momentos da trama.

Por fim, vale lembrar que Olhos de Jade não é a continuação de Amor de Cordel, ele é apenas um “complemento” ao primeiro livro, claro que por trazer elementos novos, o leitor mais experiente perceberá a ponta que deixei para dar continuidade a trama, mas de qualquer maneira, o destino de Carol Borges e Alexandre Bastos ainda levará algum tempo para ser revelado completamente.

Por isso, não deixem de acompanhar meu trabalho.

Obrigada a todos pelo carinho.

Beijos

Andrea Marques


Resenhas

Resenha em @viajandonashistorias

Boa tarde pessoal! Quem me acompanha sabe que este mês fui atrás de escritores nacionais e encontrei a incrível e [...]

Leia Mais

Resenha em Entre Livros e Fotos

Alexandre Bastos tem tudo o que um homem pode querer. Beleza, dinheiro, reconhecimento profissional e uma extensa fila de [...]

Leia Mais

Resenha em Um Quase Jornalista

Olá meus amores.. Tudo bem com vocês? Ontem lá no instagram eu disse que estaria promovendo nesses próximos dias a #SemanaLiterária na [...]

Leia Mais

Resenha no @leitorapaixonada

Boaa tarde leitores apaixonados 💙💙 . Hoje é dia de .. Resenhaaa!! . É a resenha desse livro incrível, da [email protected]_andreamarques ❤❤ muito obrigada [...]

Leia Mais